Cresce em 20% conversões de veículos a gás natural na Paraíba

2 jun 2015   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

Imagem 837 site 2

As conversões de veículos ao gás natural nas oficinas de João Pessoa e Campina Grande cresceram 20% de fevereiro a maio deste ano. A informação foi repassada pelo presidente do Sindicato das Instaladoras de Gás Natural Veicular na Paraíba (Sindign), Onildo Araújo, que prevê um crescimento do mercado de GNV em 2015. De acordo com Onildo Araújo, fatores como a alta no preço da gasolina, redução no preço dos kits de conversão e a campanha da PBGÁS estimularam o aumento das conversões na Paraíba. “Mesmo a gasolina tendo aumentado de preço no início do ano, somente nos meses seguintes com a chegada da fatura do cartão de crédito com o impacto desses reajustes, é que as pessoas começaram a procurar mais as convertedoras de GNV”, explicou.

A PBGÁS lançou no último dia 23 de abril a campanha “Com GNV, seu bolso agradece”, destacando a economia de mais de 50% do gás natural em comparação à gasolina. O presidente da PBGÁS, George Morais, afirmou que já é possível verificar uma procura maior nas convertedoras credenciadas, pois a campanha também esclarece que, além de ser mais barato, o carro movido a gás natural tem rendimento 30% maior que a gasolina.

George Morais destacou que a PBGÁS já começou a pagar os bônus de R$ 600,00 e R$ 450,00, respectivamente para os motoristas que instalaram kits de GNV de 5ª e de 2ª geração, vigentes desde o início da campanha. “É um ótimo estímulo para as conversões e que incentiva o usuário neste período de sucessivos aumentos, possibilitando um alívio no seu orçamento e fazendo com que em poucos meses o motorista recupere seu investimento”.

Para o empresário Maécio Farias, proprietário de uma convertedora em Campina Grande, desde o mês de março a procura por conversões vem aumentando e chegando a 60% este mês. “Cada vez mais motoristas estão sentindo o impacto da gasolina no bolso, então com a campanha da PBGÁS mostrando a economia do GNV, tendem a optar pelo gás natural e vêm se mostrando satisfeitos com seus benefícios de melhor e maior autonomia”.

Adeilmo Nunes também tem uma convertedora em Campina Grande e está empolgado com o crescimento da procura pelos kits GNV. “Estamos observando um aumento da procura de 55%, principalmente nos kits de 5ª geração e também em caminhonetes e SUVS. As pessoas fazem questão da grande economia e da melhor conservação do motor pelo GNV, que por ser um combustível limpo e com uma queima mais eficiente, reduz o risco de carbonização do motor. O resultado é que o carro movido a gás natural atinge uma quilometragem maior que outros combustíveis e não danifica o equipamento”, explicou o empresário.