Notícias

Artigos com a tag " residencial"

PBGÁS comemora a marca de 3 mil residências com gás natural

16 abr 2012   //   por Administrador   //   Notícias

A Companhia Paraibana de Gás comemorou nesta sexta-feira mais uma vitória: alcançou a marca de 3 mil clientes residenciais utilizando o gás natural na cidade de João Pessoa. Foram ligadas 500 moradias em menos de dois meses, desde o último anúncio das 2,5 mil unidades, em fevereiro passado.

O volume foi atingido a partir da ligação do Residencial Ilha de Tassos, edifício localizado no bairro do Cabo Branco, à Rua Francisco Araújo, próximo ao final da Avenida Beira Rio e com 28 apartamentos no total. O presidente da empresa distribuidora do gás natural na Paraíba, engenheiro Zenóbio Toscano, informou que a PBGÁS vem se notabilizando na expansão de seus gasodutos para atender a essa demanda do segmento residencial. Leia mais >>

Setembro fecha com 249 novas residências interligadas

30 set 2011   //   por Administrador   //   Notícias

Neste mês de setembro, a PBGÁS interligou mais 249 residências. Além dos edifícios  Maison San Laurent e Gran Lux, interligados no início do mês, as famílias dos  residenciais Gaudí (foto), Rio Amazonas, Maison François, Vale Verzasca, Victory Tower e Karyma também passaram a receber os benefícios do gás natural. Leia mais >>

Sessenta e seis novas residências são interligadas no início de setembro

8 set 2011   //   por Administrador   //   Notícias

Neste início de setembro, mais sessenta e seis residências começaram a aproveitar os benefícios do gás natural canalizado. Os edifícios convertidos foram o Maison Saint Laurent, no bairro de Tambaú e o Gran Lux, no Cabo Branco. Ambos estão na área do Projeto Basset, que continua em orbras para atender a diversos bairros da capital paraibana. A previsão é que mais três edifícios residenciais sejam convertidos ainda nesta semana.

PBGÁS comemora interligação do milésimo cliente residencial

4 mai 2011   //   por Administrador   //   Notícias

Interligar o milésimo cliente residencial é para a PBGÁS, um marco na sua história. O que para muitos pode parecer apenas um número, para a distribuidora paraibana de gás natural é mais uma importante conquista, fruto de um trabalho coletivo que teve sua origem em uma terça-feira de setembro de 2008, quando a Companhia efetuou a interligação do primeiro residencial, o Edifício Coliseum, em João pessoa, que passou a se beneficiar das vantagens do gás natural canalizado, um combustível moderno, seguro e ecológico. A PBGÁS começava naquele momento à colher os primeiros frutos do Projeto Basset.

Em mais uma data histórica, a PBGÁS alcançou a marca do cliente residencial número 1.000, trata-se do Edifício Poliedro III, localizado na Avenida Ruy Carneiro, 915, bairro de Tambaú, na capital paraibana, desta forma fica fácil perceber que os benefícios que o gás natural proporciona, não só conquistaram, como também fidelizaram os usuários ao longo dos anos.

Para a síndica do Edifício Poliedro III, Zuíla de Albuquerque Rocco, o fato de não precisar se preocupar com o agendamento e recebimento do caminhão do gás, influenciou bastante na decisão dos condôminos ao optarem pelo gás natural canalizado “ Eu que acumulo as obrigações de Síndica e dona de casa, bastava a chama do meu fogão perder força que eu ligava para o porteiro verificar  a pressão dos cilindros, um aborrecimento constante, não dava pra viver assim, quero sossego” afirmou Dona Zuíla.

Leia mais >>

PBGÁS retoma expansão da rede nos segmentos residencial e comercial

3 mai 2011   //   por Administrador   //   Notícias

A PBGÁS iniciou as obras de construção de ramal que compõem a segunda etapa do Projeto Basset.

O projeto é realizado em João Pessoa e contempla, inicialmente, os bairros de Manaíra, Tambaú, Cabo Branco, Miramar, Aeroclube e Jardim Oceania. Já foram investidos, até agora, mais de cinco milhões de reais e até o fim deste ano, a previsão é que, aproximadamente, mais quatro milhões sejam empregados no projeto.

Parte da obra tem à frente a Construtora Franco Dumont que executa a construção de 10 km de gasodutos e a previsão de execução é de seis meses. Outros contratos estão sendo providenciados pela PBGÁS, pois a meta da Companhia é que a rede seja acrescida em 16 km até o fim do ano.

“Há uma tendência nos condomínios residenciais de João Pessoa em utilizarem o gás natural canalizado, devido à segurança, economia e praticidade” afirmou o presidente do Sindicato da Habitação e Condomínios da Paraíba (Secovi-PB), Inaldo Dantas.

Leia mais >>