Automotivo

Aplicações e Benefícios

O gás natural é uma opção de combustível favorável aos centros urbanos, ajudando no controle dos níveis de poluição e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Atualmente, aproximadamente 1,6 milhão de carros com gás circulam no país, e esse número vem aumentando rapidamente, com os sucessivos reajustes dos combustíveis líquidos.

Quem roda com o Gás Natural Veicular pode economizar nos gastos com combustível em relação a quem usa gasolina ou etanol.
Veja a tabela abaixo:

João Pessoa – Campina Grande com gasolina R$ 31,00, com etanol R$ 29,00, com GNV R$ 14,00

Além disso, reduz custos com lubrificantes e com manutenção do motor. As vantagens econômicas não param por aí
– Ele oferece vantagem no custo por quilômetro rodado;
– por ser seco, não provoca resíduos de carbono nas partes internas do motor, aumentando a vida útil e o intervalo de trocas de óleo;
– possui baixa emissão de nitrogênio, dióxido de carbono e enxofre, contribuindo para a melhoria do ar nos centros urbanos.

Os carros convertidos para o GNV se tornam bi e até tri-combustíveis, permitindo ao motorista escolher a melhor opção na hora do abastecimento.

O kit GNV não altera o combustível original do veículo. Sempre que quiser, você poderá usar gasolina e/ou etanol. É simples: basta acionar um botão no painel – e nem precisa parar o carro.

A utilização do GNV (gás natural veicular) em veículos automotores se dá pela instalação do kit GNV no veículo a gasolina, a etanol ou flex para que eles possam utilizar o gás natural veicular como combustível alternativo e oferecendo uma autonomia de rodagem maior.

O GNV não pode ser adulterado, portanto, a qualidade do combustível é garantida.

Não confunda: o GNV (Gás Natural Veicular) é diferente do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) em vários aspectos, a começar pela sua composição. Enquanto o GNV é composto basicamente por metano, o GLP é composto por propano e butano. O GNV é normalmente armazenado sob alta pressão na forma gasosa; o GLP (também conhecido como gás de botijão) é armazenado na forma líquida e sob pressões muito inferiores. O uso do GLP é proibido para fins automotivos.

Procedimentos gerais de segurança:

Todos os serviços em kits e cilindros de gás natural deverão ser sempre feitos por oficinas homologadas pelo INMETRO;

  • Não tente consertar os pequenos defeitos. Procure a sua oficina instaladora;
  • O botijão de GLP jamais deverá ser utilizado para abastecimento de GNV. O botijão de GLP é construído para suportar a pressão de trabalho de aproximadamente 9 bar, enquanto que o cilindro de GNV suporta até 250 bar;
  • Não rode com qualquer tipo de vazamento. Assim que notar algo suspeito, procure a assistência técnica;
  • Não permita que curiosos mexam na regulagem do seu carro.

O GNV é o mais seguro de todos os combustíveis.

Por ser mais leve que o ar, o gás natural, em caso de vazamentos, se dissipa na atmosfera, reduzindo o risco de explosões e incêndios. Todo o abastecimento é realizado sem que o produto entre em contato com o ar, evitando-se assim qualquer possibilidade de combustão.

Os cilindros e componentes do Kit de conversão carregados no veículo são projetados para suportar a alta pressão em que o gás é armazenado. Estes cilindros possuem a capacidade de resistir a choques, colisões e até mesmo ao impacto de projéteis de armas de fogo.

O GNV é um combustível limpo: sua queima gera baixíssima emissão de poluentes, o que colabora para a melhoria das condições ambientais e contribui para a redução do efeito estufa, desde que o kit GNV seja devidamente instalado por uma oficina de qualidade. Veja neste site as Instaladoras credenciadas pelo INMETRO na Estado da Paraíba.

A queima do gás natural é muito mais completa do que a da gasolina, etanol ou diesel. Por isso, os veículos que o utilizam emitem menos poluentes, tais como óxidos nitrosos (NOX), compostos de enxofre (SO2) e principalmente monóxido de Carbono (CO). Além disso, o gás natural quando comparado aos demais combustíveis é o que menos gera e, consequentemente, libera dióxido de carbono (CO2). Rede de Postos de Gás Natural Veicular (GNV)

Você pode encontrar gás natural veicular facilmente. No Estado da Paraíba são 43 postos GNV, distribuídos na cidades de: João Pessoa, Campina Grande, Mamanguape, Bayeux, Cabedelo, Caldas Brandão, Santa Rita, Alhandra, Patos, Guarabira e Remígio e Qeuimadas permitindo ao consumidor deslocar-se do litoral ao extremo oeste do estado. Se você já é consumidor, confira a lista da rede de postos e garanta a sua economia.