O que é Gás Natural?

O gás natural é um combustível fóssil cujo componente principal é o metano. Esse gás é extraído de poços subterrâneos “on shore” (em terra) e “off shore” (oceanos). Após processamento, este gás é transportado e distribuído aos consumidores finais.

O gás natural distribuído pela PBGás é oriundo dos campos de produção de Gás/óleo do Rio Grande do Norte, Bahia, Sergipe, Alagoas, e agora também da região sudeste, com a conclusão das obras de interligação do Gasoduto Sudeste-Nordeste (Gasene).

Classificação

O Gás Natural é classificado em duas categorias: associado e não-associado.

O primeiro é aquele que, no reservatório, está dissolvido no óleo ou sob a forma de capa de gás.

Já o segundo é aquele que, no reservatório, está livre ou em presença de quantidades muito pequenas de óleo.

Composição

Principais características

Utilização

O gás natural pode ser utilizado como insumo ou matéria-prima e, nestas duas situações, totalizam quatro conjuntos distintos.No caso do insumo, o gás funciona como alimentação direta no uso da combustão e geração de potência. A exemplo, já identificando o primeiro conjunto, o insumo é utilizado como combustível para o atendimento térmico direto aos segmentos residencial, comercial e industrial; para geração de potência de acionamento em termelétricas e em processos industriais; bem como carburante para o transporte.

O segundo conjunto exige menor investimento inicial, comparada aos grupos que serão definidos abaixo, e resulta numa valorização menor do insumo. Neste caso, o gás natural é usado como redutor siderúrgico no processamento de minérios.Já no caso da matéria-prima, o gás natural é utilizado na siderurgia, na produção de consumos sintéticos e na produção de gasoquímicos.

Nesta situação, identificando o terceiro conjunto, o gás natural é utilizado como matéria-prima básica de processos de produção de combustíveis sintéticos como gasolina, nafta, querosene, gasóleo, óleos lubrificantes, óleo diesel, parafina, dentre outros.

Por fim, o quarto conjunto é identificado pela produção de gasoquímicos, base da indústria moderna, em que os investimentos são elevados e o insumo gás natural bastante valorizado. Ou seja, os gasoquímica são determinados pela produção de petroquímicos a partir do gás natural e diferenciado da produção tradicional, na qual são identificados derivados do petróleo através do insumo básico, além de oferecer inúmeras vantagens, em particular a redução expressiva de impactos ambientais. Os produtos são os mesmos, eteno, propeno, buteno, polímeros (polietileno e polipropileno), matéria prima na fabricação de fibras sintéticas, borrachas sintéticas, plásticos, revestimentos, química automotiva, produtos nitrogenados, detergentes e outros.