PBGÁS tem novo diretor técnico comercial

23 mar 2021   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

DTC Odilson

O economista Odilson Nóbrega assumiu o cargo de Diretor Técnico e Comercial da PBGÁS em reunião do Conselho de Administração da companhia realizada no último dia 17 de março.

Indicado pelo acionista Gaspetro, Odilson Nóbrega 25 anos de experiência no setor de Gás e Energia, tendo assumido continuamente cargos de diretoria e gestão executiva desde 1997, com grande experiência nas áreas de governança corporativa e gestão de participações societárias, tendo atuado como conselheiro de administração em companhias de energia e de gás natural no país.

Odilson Nóbrega tem formação em Ciências Económicas pela Universidade Federal Fluminense e possui mestrado em Economia também pela UFF e MBA em Direito da Economia e da Empresa pela FGV. Além disso, tem certificação em GRC (Governança, Risco e Compliance) pela Risk University tendo ocupado entre 2016 e 2019 a Gerência de Riscos Corporativos na BR Distribuidora.

Entre julho de 1997 e março de 2001 ele ocupou o cargo de Diretor Técnico e Comercial da Companhia de Gás de Alagoas (ALGAS), tendo sido responsável pela ligação do primeiro posto de GNV em Maceió e pela elaboração do plano diretor de expansão da rede de gás natural, que tornou a ALGÁS a primeira empresa do Nordeste a atuar no mercado de varejo (residencial e comercial).

Com a mudança, a Diretoria Executiva da PBGAS passa a ser formada pelo diretor presidente, Jailson Galvão, pela Diretora Administrativa Financeira, Taciana Amaral e pelo diretor Técnico Comercial, Odilson Nóbrega.  Odilson assume a função em substituição a Paulo Campos, que passou 2 anos e meio na companhia e do conselheiro da companhia Marcus Peçanha, que ocupou interinamente a pasta por alguns dias.

O novo diretor Técnico Comercial da PBGAS afirmou que assume a função com objetivo de contribuir para a expansão do gás natural canalizado no Estado, focando no primeiro momento em implementar o Planejamento Estratégico 2020 a 2025 da companhia. “Também pretendemos aprofundar a cultura de SMS e o gerenciamento de riscos nos negócios da companhia, pois considero a PBGÁS uma empresa que tem tudo para ser um exemplo de gestão na atuação ambiental e governança”, completou Odilson.