Após redução na tarifa, GNV baixou mais de R$ 0,50 nos postos da grande João Pessoa

11 mai 2020   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

0243_RPG_PBGas_091212_Toddy

Após a PBGÁS reduzir em 7,8% a tarifa do metro cúbico do GNV para os postos de combustíveis, o preço do GNV nas bombas está em queda e já pode ser encontrado a R$ 3,13 em quatorze postos de combustíveis localizados na grande João Pessoa.

Segundo dados do aplicativo “Preço da Hora”, o menor preço no GNV pode ser encontrado a R$ 3,13, uma redução de mais de R$ 0,50 centavos em relação ao verificado nas últimas semanas, enquanto o da gasolina que também segue em queda, é de R$ 3,40. Neste contexto, o GNV passa a ter uma competitividade de 25%, de acordo com a relação valor do combustível, desempenho e distância percorrida, em relação à gasolina.  (conforme gráfico em anexo)

Para se ter ideia da economia na “ponta do lápis”, um quilômetro percorrido com GNV custa R$ 0,24 contra R$ 0,32 na gasolina, aliado ao fato de que um veículo a gás roda em média 3 km a mais que na gasolina e com base no desempenho de um veículo 1.6 de porte médio. O motorista que rodar 100 km por dia, por exemplo, terá uma economia de aproximadamente R$ 241,00 por mês e R$ 2.902,00 no ano.

Já em Campina Grande o impacto da redução foi menor, apesar da tarifa cobrada pela PBGÁS aos postos da região ser a mesma que é cobrada aos postos de João Pessoa e demais municípios atendidos pela PBGÁS. O metro cubico que era de R$ 3,94, caiu para R$ 3,79 nas bombas, enquanto a gasolina pode ser encontrada a R$ 3,45. Lá a competitividade do GNV em relação à gasolina é de 10%.  A tarifa do metro cúbico do GNV cobrado pela PBGÁS aos postos de todo o Estado é de R$ 2,61 (já com impostos), após uma queda de R$ 0,15 centavos a partir do dia 1° de maio.

A diretora-presidente da PBGÁS, Taciana Amaral, avaliou que é fundamental o esforço conjunto da Petrobras, supridora de Gás natural para o Estado da Paraíba, da PBGÁS e dos donos de postos para a retomada da competitividade do GNV nesse momento delicado da economia. “É tempo de economizar e os usuários do GNV, principalmente para os motoristas que rodam muito e utilizam o carro como instrumento de trabalho, podem aumentar seus resultados neste novo cenário”, avaliou Taciana Amaral.

De acordo com o diretor técnico comercial da PBGÁS, Paulo Campos, o mercado já sinaliza uma competitividade de 25% do GNV em relação à gasolina, o que é significativo, neste momento de enfrentamento a uma grave crise de pandemia.  Paulo Campos lembrou que a PBGÁS não tem gerência sobre o preço adotado pelos postos de combustíveis, mas os empresários têm sido sensíveis ao momento, e nos últimos 15 dias o preço nas bombas já caíram mais de R$ 0,50 centavos. Acreditamos na recuperação do segmento GNV, que além de conferir o menor custo por km rodado aos motoristas em relação à gasolina e etanol, é um combustível mais limpo e ecologicamente correto  ”, completou. Paulo Campos.

Lista dos postos com menor preço do GNV- R$ 3,13  (Fonte Aplicativo Preço da Hora):

Posto Arlindo da Fonseca Lins, Distrito Industrial de João Pessoa

Posto Santa Júlia, Torre.

Posto Petrogas, bairro do Sesi em Bayeux

AFL Gás Natural- Cristo

AFL Gás Natural, Bayeux

Posto São Luiz III, Bairro dos Ipês

Motogás Imaculada Bayeux

RBC Combustíveis,  João Paulo II

DN Combustíveis, Oitizeiro

Estrela da Liberdade, bairro São Bento,  Bayeux

Motogás Limitada, Tambaú

Posto Frei Damião, Bairro dos Ipês

B Cavalcanti Combustíveis, Bairro dos Estados

J F Cavalcanti Combustíveis Várzea Nova, Santa Rita.