PBGÁS conecta restaurante ao gás natural e contrata novos clientes em Campina

30 jul 2019   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

CASAL

A PBGÁS conectou mais um tradicional restaurante ao gás natural e contratou mais quatro estabelecimentos comerciais no bairro do Catolé, em Campina Grande.  O bar e restaurante Sandro´s Bar, conhecido como Bar da Curva, localizado no Catolé, foi ligado ao gás canalizado e já opera há 10 dias com um combustível mais prático, econômico e seguro.

Em Campina Grande o restaurante Mileniun foi o primeiro a funcionar a gás natural em janeiro de 2013, antes mesmo do início do projeto Borborema e é considerada uma experiência pioneira e de sucesso na região. Atualmente 25 bares e restaurantes, incluindo os do shopping Partage e Luiza Motta, já estão ligados ao gás natural, na Rainha da Borborema.

A diretora presidente da PBGÁS, Tatiana Domiciano, destacou que estão sendo investidos mais de R$ 3 milhões na expansão e saturação da rede de distribuição de gás canalizado em Campina Grande para atendimento dos mercados residencial, comercial e do condomínio Club Residence. “A cidade com forte vocação comercial e industrial representa uma prioridade da PBGÁS pelo seu perfil desenvolvimentista e empreendedor. A nossa meta é levar os benefícios do gás natural como o fornecimento contínuo, a segurança e a economia a um número cada vez maior de pessoas e empreendimentos”, explicou.

Desde que foram iniciadas as ligações do bairro do Catolé, a companhia já interligou ao gás canalizado os dois principais shoppings centers da cidade, o Shoppings Partage (com 15 lojas) e Luiza Mota (com quatro lojas), além de outros 7 bares e restaurantes. APBGÁS também comemora a contratação de mais quatro clientes que já foram captados recentemente, e que farão parte dos consumidores de gás natural ainda neste ano.

Os proprietários do Bar da Curva, Sandro e Ivonete Andrade afirmaram que estão bastante satisfeitos com os dez primeiros dias de funcionamento do gás canalizado no estabelecimento, principalmente devido a intensidade da chama que possibilita uma preparação mais rápida dos alimentos e do fornecimento contínuo, sem a necessidade de solicitar o reabastecimento. “Nos dá uma tranquilidade enorme saber que o nosso gás não vai faltar. Já ocorreu do gás estocado acabar à noite, após o horário comercial, e infelizmente ficarmos sem combustível para continuar funcionando. Só conseguimos repor o gás no outro dia. Essa foi uma experiência muito ruim e que esperamos não passar mais com o fornecimento contínuo”, explicou Ivonete.

O empresário Sandro Andrade também viu outras vantagens do gás canalizado como a economia na conta do gás e o ganho de espaço com a desativação depósito dos cilindros de GLP, que possibilitará aumentar os banheiros e também instalação de um parquinho para crianças. “O gás canalizado dialogou bem com o no projeto de ampliação e modernização”, completou.

Empreendedorismo  

O Bar da Curva possui 18 anos de existência. O negócio começou pela iniciativa de Sandro e Ivonete que tinham um treiller de churrasquinho na rua Professora Severina Ramos da Silva, no Catolé. Alguns anos depois com o aumento da clientela, foi aberto um restaurante  na própria residência do casal e o empreendimento passou a ser ponto de encontro das famílias campinenses e frequentado por famosos, como os jogadores Hulk, Denilson e o músico Léo Santana. Atualmente o restaurante gera 15 empregos diretos e está sendo ampliado.

 

INTERNA