Resultado da audiência pública nº004/2018

Na tarde dessa quarta-feira (24 de outubro de 2018), no auditório do Espaço Cultural  José Lins do Rêgo,  foi realizada Audiência Pública nº 004/2018, sobre a proposta de reajuste das tarifas de gás canalizado no Estado da Paraíba, cujos avisos foram publicados no Diário Oficial do Estado e no Jornal A União nos dias 9, 12 e 18 de outubro de 2018,  além do site da Companhia na internet.

Durante a Audiência Pública com a presença de representantes da PBGÁS, da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB), do segmento industrial e do segmento automotivo e representantes de motoristas de aplicativos, foram apresentados os fundamentos da proposta de reajuste das tarifas do gás natural, a partir de 1º de novembro de 2018, com objetivo dar transparência e publicidade às ações da companhia.

Apesar do aumento do custo do gás natural  de aproximadamente 13,65% % anunciado pela Petrobras (supridora), a PBGÁS está absorvendo 6,11% da sua margem regulada com objetivo de manter a competitividade do gás natural frente a outros combustíveis.  O reajuste médio proposto para as tarifas (sem impostos) de gás natural que foi de 8,99%, sendo 9,55% no segmento industrial, 9,56% no segmento automotivo (GNV), 9,95% no Gás Natural Comprimido (GNC), 9,55% no segmento EBVA (Energético de Baixo Valor Agregado) e 11,91% na geração distribuída.  Já o gás natural para os segmentos residencial e comercial não sofrerão reajustes.

A PBGÁS se colocou à disposição da sociedade através de seus segmentos de mercado, para estudar formas de incentivar o aumento de consumo considerando as diversas vantagens do uso de Gás Natural, assim como dar continuidade a seu plano de investimentos para disponibilizar os benefícios por todo o estado da Paraíba.

Tanto a Ata com os resultados da reunião, quanto a apresentação dos fundamentos da medida, estão à disposição de qualquer interessado nos links abaixo:

AP 004-2018 – Apresentação (24.10.2018)

AP 004-2018 – Ata (24.10.2018)