Notícias

Artigos da categoria "Notícias"

Aviso de Audiência Pública Nº 004/2018

A COMPANHIA PARAIBANA DE GÁS – PBGÁS, em atendimento a Lei Estadual Nº 8.767 de 15/04/2009, comunica aos usuários e demais interessados, que realizará AUDIÊNCIA PÚBLICA, com o objetivo de dar conhecimento e fundamentar a proposta de reajuste das tarifas do serviço público de distribuição de gás canalizado no Estado da Paraíba, a vigorar a partir de 01 de novembro de 2018.

Local: Auditório 01 do Espaço Cultural José Lins do Rego

Endereço: Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, João Pessoa, PB

Data e horário: 24 de outubro de 2018 às 14h

A DIRETORIA

CASACOR Paraíba terá restaurantes, home & grill e lareiras funcionando a gás natural

20 set 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

restaurante 1

O conforto e a versatilidade do gás natural serão apresentados pela primeira vez na edição 2018 da CASACOR em João Pessoa. O evento, que tem a sustentabilidade como diferencial, foi aberto nesta quarta-feira (19), e trará como novidade ambientes funcionando a gás natural como o restaurante The W, uma forneria,  o espaço Home & Grill com churrasqueiras e cozinha com água aquecida, além de tocheiros e lareiras que dialogam com a sustentabilidade e a modernidade.

Esta 2ª edição da CASACOR permitirá que a PBGÁS demonstre na área do lounge as mais diversas possibilidades de uso do gás natural com ambientes sofisticados e à disposição do público. No mês de outubro está sendo programado um evento de degustação com clientes e convidados no espaço home & grill.

O gerente de mercado Residencial e Comercial da PBGÁS, Marco Antônio Coutinho, informou que os visitantes poderão perceber o diferencial do gás natural e sua versatilidade, não apenas para o funcionamento de fornos e fogões, mas também por oferecer mais conforto aos lares como aquecedores de água, churrasqueiras e lareiras em perfeita harmonia com a natureza.

“O gás natural possui atributos que o diferencia dos seus concorrentes por possibilitar o fornecimento contínuo por meio de gasodutos, sem a necessidade de reabastecimento por caminhões e de armazenamento de cilindros. Esses são alguns atributos que, aliados a qualidade dos serviços oferecidos pela PBGÁS, garantem a satisfação dos clientes”, ressaltou Marco Coutinho.

O gerente de marketing da PBGÁS, George Ferreira, ressaltou que gás natural vem como um elemento que ajuda a trazer o requinte e o conforto esperado nos ambientes da exposição. “As lareiras e tocheiros a gás, além de aquecer ambientes e trazer conforto, demonstra um estilo que personaliza o espaço através do elemento fogo. A tecnologia também está presente, com o acionamento automático e o controle da chama”.

A arquiteta Andrea Miranda, que assinou o projeto do restaurante The W com as arquitetas Camila Fialho e Samia Raquel, explicou que o ambiente faz uma caminhada pelas raízes nordestinas que passeiam entre o Sertão e o mar com uso de fibras naturais. No ambiente destaque para a entrada com material retirado de um açude seco e as esculturas da artesã Maria Lúcia Miranda que representa a floresta marinha.

A arquiteta Andrea Miranda explicou que o fato do projeto do restaurante ter sido feito adaptado para o gás natural facilitou bastante, já que não se precisou perder espaço para armazenar cilindros, além  da praticidade de saber que o fornecimento é contínuo e não será necessário reabastecer durante os 45 dias de funcionamento. “Será uma preocupação a menos também para os administradores e pessoal da cozinha”, explicou a arquiteta.

O Lounge Goumet também é destaque com a cozinha com churrasqueiras à gás, água aquecida e um jardim com hortas de verduras e legumes que podem ser utilizados na preparação dos próprios alimentos. O projeto é assinado pelo arquiteto Renato Teles e pela paisagista Michele Viana. “O gás natural dialoga bem com um espaço que busca oferecer mais conforto e comodidade, que são atributos da vida contemporânea. O nosso forno e churrasqueiras a gás dispensam os cilindros e o botijão de gás que não combinaria com o nosso ambiente goumert”, destacou Renato Teles.

Além do restaurante e da forneria com ambientes confortáveis e que encantam a cada olhar dos visitantes, o Spa e a Boate IT Club, serão espaços do Hotel Tambaú que permanecerão funcionando a gás natural, possibilitando mais diversão e conforto também para os hóspedes do Hotel Tambaú.

lareira

 

 

 

PBGÁS liga mais um posto GNV na Paraíba

19 set 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

Posto Santa Rita

A Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS) ligou mais um posto com fornecimento de Gás Natural Veicular (GNV) na Paraíba. No início deste mês, o Posto Santa Rita, em Tibiri II, iniciou a operação e já está beneficiando motoristas dos bairros de Tibiri, Eitel Santiago, Marcos Moura e região.

Com a adesão do Posto Santa Rita, já são 36 estabelecimentos com GNV na região metropolitana de João Pessoa, de Campina Grande, Mamanguape, além de Gás Natural Comprimido (GNC) em Guarabira, Remígio e Patos.  De acordo com a proprietária do empreendimento, Patrícia Pontes, a procura do GNV está atendendo as expectativas nos primeiros dias de fornecimento, até mesmo pela demanda que existia nessa região, onde é intenso o fluxo de pessoas que trabalham com veículos particulares e taxis movidos à GNV.

A empresária informou que o grupo investiu em um sistema moderno e automatizado, visando oferecer um acesso seguro e rápido com a disponibilização de seis bicos de abastecimento. “Trabalhamos com um outro posto de combustível com GNV em Santa Rita e o produto sempre foi muito procurado pelos seus atributos como a economia e a eficiência”, explicou Patrícia Pontes.

Para o diretor presidente da PBGÁS, George Morais, a instalação de um posto GNV em Santa Rita é estratégica, por ser importante rota de chegada e saída para Natal, Campina Grande e João Pessoa. “Observamos que muitas pessoas utilizam veículos como instrumento de trabalho e este novo empreendimento possibilitará economia para centenas de usuários, ainda mais considerando os recentes aumentos dos combustíveis líquidos e possibilitando maior competitividade para quem usa o GNV”.

O gerente de mercado industrial e automotivo, Alairson Gonçalves Filho, avaliou que a ligação de mais um posto GNV demonstra a aceitação e consolidação do GNV, que registrou crescimento no volume de vendas e de conversões nos últimos meses. Alairson assegura que o GNV na grande João Pessoa é em média 40% mais econômico se comparado à gasolina ”Este ano já havíamos ligado o posto GNV na Avenida Epitácio Pessoa e agora ampliamos a nossa rede para o município de Santa Rita, oferecendo mais uma estratégica opção para nossos clientes”, completou.

 

Sessão de Cinema marca os 10 anos da Semana de Prevenção de Acidentes no Trabalho

4 set 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

Ketiane, George e Giovane

Uma sessão cinematográfica em plena segunda-feira, com pipoca e guaraná. O roteiro não poderia ser melhor para a abertura da 10ª SIPATMA (Semana de Prevenção de Acidentes no Trabalho, Meio Ambiente e Saúde) da PBGÁS,, que este ano tem como tema: “Viva a Vida em Segurança, zelar pelo meio ambiente”, é pensar na saúde do próximo”. Um filme com os melhores momentos dos 10 anos da SIPATMA foi apresentado aos funcionários da companhia na telona do cinema do MAG Shopping.

O evento prossegue ao longo da semana e será encerrado na próxima sexta com atividades sobre a importância da segurança e a saúde na empresa com palestras, concursos, gincana, visita de campo e uma campanha de doação de leite e Sustagen, kits de limpeza pessoal para os idosos da Vila Vicentina.   Na sexta feira as atividades serão encerradas com a tradicional gincana Quiz 2018 de perguntas e respostas.

A diretoria da PBGÁS fez a abertura do evento juntamente com os representantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) Maria Ketiane e Daniel Gomide. O presidente da PBGÁS, George Morais, parabenizou a equipe da CIPA pelos 10 anos consolidando a mensagem da segurança, do meio ambiente e da saúde nos processos da companhia. “Foi um momento importante para aprender com o passado e olhar com segurança o desafio do futuro”, destacou.

O diretor administrativo financeiro da PBGÁS, Giovane Rosa, disse que as empresas devem cada vez mais voltar as suas atenções para a segurança para evitar ocorrências lamentáveis como a que ocorreu com o Museu Nacional do Rio de Janeiro. “O fato serve para despertar sobre a importância de se trabalhar preventivamente a segurança nas instalações, as condições dos equipamentos e do local de trabalho. Que os colaboradores PBGÁS aproveitem bem essa semana dedicada a segurança e a saúde dos funcionários”, completou.

A Sipatma é realizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), e tem como objetivo o trabalho contínuo da prevenção de acidentes e doenças do trabalho, decorrentes das atividades laborais exercidas por todos os trabalhadores da Companhia.

Funcionário nas cadeiras do cinema

 

 

PBGÁS tem novo diretor técnico comercial

9 ago 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

IMG_1592 ok

O contador e funcionário de carreira da Petrobras, Paulo Sérgio Campos, é novo diretor Técnico Comercial da Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS). Ele assumiu o cargo no dia 1º de agosto, em substituição ao engenheiro Giovane Rosa, que desempenhou a função cumulativamente a de Diretor Administrativo Financeiro por dois meses.

Funcionário da Petrobras há 12 anos, Paulo Campos tem formação de contador pela URFJ com MBA em Finanças e exerceu cargo de gerente administrativo e financeiro em duas unidades da Petrobrás de exploração e produção entre 2013 e 2015. Atualmente Paulo Campos também ocupa o cardo de Diretor Técnico Comercial da Potigas (Companhia Potiguar de Gás) e acumulará o mesmo cargo na PBGÁS.

Com a mudança a Diretoria Executiva da PBGÁS passa a ser formada pelo diretor presidente, George Ventura Morais, pelo diretor Técnico Comercial, Paulo Campos e pelo Diretor Administrativo Financeiro, Giovane Rosa. O novo diretor Técnico Comercial da PBGÁS, Paulo Campos afirmou que assume a função com objetivo de contribuir com uma equipe técnica bastante experiente e qualificada para expandir a infraestrutura e interligar novos clientes com qualidade e segurança. “É estimulante atuar no segmento de negócio onde você pode, por meio de sua colaboração, promover melhorias, transformação social e desenvolvimento para o Estado”.

Paulo Campos destacou que a companhia vive um momento de expansão de sua rede urbana, possibilitando levar o gás natural a um maior número de consumidores no segmento residencial e comercial. “Nestes primeiros dias fizemos reuniões com todas as equipes das áreas técnica e comercial, onde foram apresentados os projetos, os status das operações e as perspectivas para o futuro. As expectativas são muito positivas nos segmentos do varejo e também do Gás Natural Veicular (GNV), que tem sido bastante procurado diante da política de preços dos combustíveis líquidos ”, avaliou o diretor técnico comercial.

Fórum: Engenheiros apresentam diversas aplicações do gás natural na construção civil

7 ago 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

IMG_1730

Os benefícios e aplicações do gás natural na construção civil foram apresentados pelos engenheiros da Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS), Alairson Gonçalves Filho e Marco Antônio Coutinho, na noite de abertura do III Fórum Inovar& Construir: Tendências Tecnológicas da Construção Civil.

O fórum será aberto na noite desta quarta-feira (8) e segue durante todo dia de quinta–feira (9), no Centro Cultural Ariano Suassuna, com palestras sobre o uso da tecnologia BIM na elaboração de projetos e execução de obra.  O presidente do Sinduscon/JP, João Batista, o vice-presidente da FIEP, Magno César Rossi, o presidente da PBGÁS, George Morais,  a jornalista e diretora da Revista Edificar, Naná Garcez e o representante da Câmara Brasileira da Construção Civil, Irenaldo Quintans e do Sebrae abriram o evento.  Na abertura também contou com palestra do cientista político Leonardo Barreto sobre os cenários político e das eleições 2018, social e econômico do país.

O gerente e de engenheiro da PBGÁS, Alairson Gonçalves Filho, destacou apresentou as vantagens do gás natural e a agregação de valor aos empreendimentos. Ele acrescentou que o gás natural oferece a percepção de modernidade aos prédios e condomínios com a utilização, além da cocção em fogões e fornos e na geração de energia. “O gás natural oferece várias aplicações que vão desde o  aquecimento dos chuveiros e piscinas, passando pelas churrasqueiras a gás das Varandas Gourmet, até o conforto da climatização de ambientes da área comum do edifício”.

O gerente de Mercado Residencial e Comercial da PBGÁS, Marco Antônio Coutinho, apresentou aos participantes a infraestrutura de rede de distribuição do gás natural em João Pessoa e Campina Grande, os novos empreendimentos a aderirem ao gás natural e os projetos de ampliação de rede em execução e previstos para o próximo ano.  A companhia neste momento está ampliando a rede em João Pessoa com a construção de 4,7 km de que possibilitarão levar o gás natural canalizado a 2 mil residências e comércios localizados em 23 ruas dos bairros do Brisamar, Jardim Luna e Miramar.   licações do Gás Natural em Novas Habitações Residenciais.

O engenheiro lembrou que com a greve dos caminhoneiros, muitos moradores de João Pessoa, e até mesmo bares e restaurantes ficaram sem gás, porém, empreendimentos residenciais e comerciais que já estão interligados na rede de distribuição da PBGÁS não enfrentaram problemas de abastecimento, com as suas rotinas mantidas. “A comodidade do fornecimento contínuo, o ganho de espaço sem a necessidade de armazenamento e a economia são alguns atributos do gás natural canalizado”, explicou Marco Coutinho.

Entre os palestrantes do fórum estão o engenheiro e professor Ênio Pazini Figueiredo, o presidente da Comissão de Materiais da CBIC, Dyonizio KLavdianos e o engenheiro Evandro César Ferreira, que falará sobre como as novas tecnologias do cotidiano estão interferindo no projeto de um empreendimento. Também está confirmado o engenheiro civil Ricardo Lombardi Junior, integrante do Grupo Parede de Concreto da ABCP.

O Sinduscon-JP, em parceria com o Sebrae/PB e a Supermidia Comunicação/ Revista EDIFICAR, para o evento tem o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEPB), da PBGÁS da Cerâmica Elizabeth, da Cooperativa da Construção Civil (Coopcon), do CREA-PB e do CRECI-PB.

 

IMG_1761

 

Tarifa do gás natural sofre reajuste médio de 9,27%. Segmentos residencial e comercial não tiveram aumento

2 ago 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

 

IMG_1390

 

A tarifa do gás natural sofreu um reajuste médio de 9,27%, a parir do dia 1º de agosto na Paraíba. O reajuste apresentado pela Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS) será 3,29% menor que o aumento do custo do gás natural de aproximadamente 14% anunciado pela supridora, Petrobras.  Já o gás natural fornecido para os segmentos comercial e residencial não sofrerá reajuste.

Mesmo com o reajuste, em análise pela Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB), a PBGÁS está absorvendo parte do aumento do custo do gás com o objetivo de manter a competitividade do produto frente aos energéticos concorrentes. Neste contexto, o reajuste será de 9,97% no segmento industrial, 9,95% no segmento automotivo (GNV), 9,97% no Gás Natural Comprimido (GNC), 9,97% no segmento EBVA (Energético de Baixo Valor Agregado).

Após o reajuste o valor do metro cúbico do GNV, por exemplo, aumentou em 0,30 centavos em João Pessoa, com a incidência do ICMS e impostos.  O metro cúbico vendido pela PBGÁS aos postos sai de R$ 2,31 para R$ 2,50. Já o preço na bomba, que é de responsabilidade dos proprietários de postos, está R$ 3,49 na grande João Pessoa e R$ 3,69 em Campina Grande. Mesmo com o reajuste, o GNV mantem sua competitividade frente à gasolina sendo 37% mais econômico em João Pessoa e 39% em Campina Grande.

A PBGÁS se colocou à disposição da sociedade através de seus segmentos de mercado, para estudar formas de incentivar o aumento de consumo considerando as diversas vantagens do uso de Gás Natural, assim como dar continuidade a seu plano de investimentos para disponibilizar os benefícios por todo o estado da Paraíba. Na semana passada a diretoria e a gerência de mercado industrial reuniram com os representantes dos postos discutindo de forma transparente os critérios do reajuste.

PBGÁS inicia planejamento estratégico 2019-2023

24 jul 2018   //   por Clóvis Augusto Guimarães Gaião de Queiroz   //   Notícias

Missão 2019

Em busca da qualidade e da melhoria contínua, a PBGÁS deu início ao processo de planejamento estratégico 2019-2023 com revisão, Missão, Visão e Valores (MVV), neste mês de julho. Ao longo dos próximos meses serão realizados quatro reuniões com gerentes, assessores e técnicos que direcionarão as ações da Companhia.

A primeira reunião foi aberta pelo diretor administrativo financeiro da PBGÁS, Giovane Rosa, pelo gerente de Planejamento e Gestão, Flávio Fonseca e teve como facilitador o consultor Tarcyo Alves. Para Giovane Rosa, é de fundamental importância a participação de todos os colaboradores no processo de revisão da identidade organizacional da companhia sempre em busca da qualidade e da melhoria contínua dos processos e serviços oferecidos à população.

As reuniões denominadas missão 2019-2023, inspiradas nas missões espaciais Apollo, da NASA, que servem como “case” de planejamento e êxito de realização. Cinco grupos foram formados com alusão aos foguetes Apollo 11, 12, 13, 14 e 15, que discutiam e apresentavam sugestões de melhorias para a identidade organizacional da companhia.

O gerente de planejamento e Gestão, Flávio Fonseca, fez uma avaliação positiva do primeiro encontro. “Conseguimos envolver todos na elaboração do plano estratégico com a revisão da missão, visão e valores para os próximos 5 anos. “O resultado foi bastante positivo pelo envolvimento e ideia de melhorias para a companhia. ”, explicou Flávio.

 

IMG_1432

 

 

 

 

Resultado da audiência pública 003/2018

IMG_8638

 

Na manhã dessa terça-feira (17 de julho de 2018), no auditório do Espaço Cultural  José Lins do Rêgo,  foi realizada Audiência Pública nº 003/2018, sobre a proposta de reajuste das tarifas de gás canalizado no Estado da Paraíba, cujos avisos foram publicados no Diário Oficial do Estado e no Jornal A União nos dias 29 de junho de 2018, 05 e 11 de julho de 2018, além do site da Companhia na internet.

Durante a Audiência Pública com a presença de representantes da PBGÁS, da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB), do segmento industrial e do segmento automotivo, foram apresentados os fundamentos da proposta de reajuste das tarifas do gás natural, a partir de 01 de agosto de 2018, com objetivo dar transparência e publicidade às ações da companhia.

Após o aumento do custo do gás natural  de aproximadamente 14% anunciado pela supridora , foram iniciados os estudos afim de minimizar o impacto nos usuários, que resultaram no reajuste médio proposto para as tarifas (sem impostos) de gás natural que foi de 9,27%, sendo 9,97% no segmento industrial, 9,95% no segmento automotivo (GNV), 9,97% no Gás Natural Comprimido (GNC), 9,97% no segmento EBVA (Energético de Baixo Valor Agregado (EBVA) e 9,97% no segmento de Geração distribuída. Já o gás natural para os segmentos residencial e comercial terão redução na tarifa de 0,06% e 0,08%, respectivamente.

Mesmo com os reajustes, o estudo demonstra que as tarifas de gás natural  ainda são competitivas frente aos energéticos concorrentes.

A PBGÁS se colocou a disposição da sociedade através de seus segmentos de mercado, para estudar formas de incentivar o aumento de consumo considerando as diversas vantagens do uso de Gás Natural, assim como dar continuidade a seu plano de investimentos para disponibilizar os benefícios por todo o estado da Paraíba.

Tanto a Ata com os resultados da reunião, quanto a apresentação dos fundamentos da medida, estão à disposição de qualquer interessado nos links abaixo:

 

AP 003-2018 – Apresentação (17 07 2018)

AP 003-2018 – Ata (17.07.2018)

Aviso de Audiência Pública Nº 003/2018

A COMPANHIA PARAIBANA DE GÁS – PBGÁS, em atendimento a Lei Estadual Nº 8.767 de 15/04/2009, comunica aos usuários e demais interessados, que realizará AUDIÊNCIA PÚBLICA, com o objetivo de dar conhecimento e fundamentar a proposta de reajuste das tarifas do serviço público de distribuição de gás canalizado no Estado da Paraíba, a vigorar a partir de 01 de agosto de 2018.

Local: Auditório 01 do Espaço Cultural José Lins do Rego

Endereço: Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, João Pessoa, PB

Data e horário: 17 de julho de 2018 às 09h

A DIRETORIA

Páginas:«1234567...37»